< img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1724791474554128&ev=PageView&noscript=1" />

Comercial PCB

  • 10 anos Comercial Fabricação de PCB experiências especialmente para
  • Especialista em fabricação de PCBs comerciais de segurança e segurança
  • Gama completa de seleção de materiais para seus projetos de placas de circuito impresso comerciais
  • Vendas ao vivo e suporte técnico 7 horas por dia, 24 dias por semana

Seu valioso fornecedor de PCBs comerciais

Os designers estão enfrentando novos desafios para desenvolver dispositivos automatizados portáteis mais inteligentes e com melhor desempenho. A equipe da Venture trabalha em colaboração com você para lançar produtos PCB comerciais que apresentam tecnologia de última geração. Como resultado, fabricamos uma ampla gama de PCBs de alta tecnologia para aplicações comerciais, projetando e fornecendo rígido, flexionar e PCBs rigid-flex, como dispositivos de segurança e proteção doméstica, dispositivos digitais (máquinas POS portáteis, tablet), medidores inteligentes e muito mais.

Ao mesmo tempo em que acompanha o rápido desenvolvimento de um mercado comercial, os engenheiros do cliente criam designs gráficos que as pessoas são convenientes de usar, também os ajudamos a descobrir como garantir que seu novo produto possa atender aos requisitos regulamentares de PCB comercial para segurança, EMC e leis ambientais .

PCB comercial

PCB comercial: placa de monitor de segurança e segurança

As aplicações de segurança e segurança doméstica são um dos nossos pontos fortes entre todos os projetos comerciais de PCB que participamos, temos todas as experiências de campo com a construção de dispositivos abaixo:

  • Placa de monitor de segurança e segurança;
  • Placa de controle de transação de dados de segurança e segurança;
  • Placa de memória de transação de dados de segurança e segurança;
  • Placa principal do ISP de segurança e segurança;
  • Placa principal da câmera de segurança e segurança;
  • Placa principal de segurança e segurança NVR;
  • Placa de exibição de segurança e segurança;

Através de nossos serviços de resposta rápida de 2 horas de nossa equipe de vendas e suporte técnico 24 horas por dia, 7 dias por semana, e excelente serviço pós-venda, seremos seus melhores fabricantes comerciais de PCB (placa de circuito) na China. Na Venture, podemos responder a quaisquer perguntas comerciais de PCB que você possa ter, sinta-se à vontade para entrar em contato conosco a qualquer momento.

Seu valioso fornecedor de PCBs comerciais

PCB Comercial - O guia definitivo

PCB comercial

Todos os dias, os designers enfrentam os desafios de criar dispositivos elétricos mais sincronizados usando PCB comercial.

Além disso, os consumidores estão continuamente mudando para aparelhos de alta tecnologia e de melhor desempenho. No centro desta inovação está o PCB comercial.

Você é um potencial investidor na área de PCB comercial?

Ou você está procurando informações relevantes?

Quaisquer que sejam suas necessidades, temos tudo o que você pede neste único guia.

Estes são apenas alguns conceitos que você aprenderá: design de PCB comercial, prototipagem, montagem, fornecimento e muito mais.

Você só terá que ler até o final.

O que é um PCB Comercial?

Uma placa de circuito impresso comercial é essencialmente o tipo de PCB avançado que os designers fabricam especialmente para fins ou aplicações comerciais.

Portanto, geralmente significa que, além de razões comerciais, os PCBs também podem ser para usos industriais gerais.

Antes de prosseguirmos, o que é um PCB?

PCB comercial

PCB comercial

Uma placa de circuito impresso é a base para a maioria das conexões primárias em um aparelho elétrico. Naturalmente, é nesta placa que várias pequenas conexões de fiação elétrica se entrelaçam para conectar os componentes mecânicos do dispositivo.

Olhando para a seção interna de um eletrônico, você notará chips semelhantes a placas geralmente coloridos. Além disso, eles têm vários pequenos componentes firmemente embutidos neles. Agora que é o PCB. Os PCBs atendem a uma variedade de funções vitais simples a complexas em uma eletrônica.

Uma olhada no PCB você percebe diferentes configurações que eles possuem, alguns minúsculos, finos, flexíveis, rígidos, enquanto outros grandes.

Seja como for, é como, seu propósito permanece o mesmo.

Então, quais são exatamente os tipos de PCBs?

Tipos de PCB Comercial

Os PCBs estão disponíveis em várias configurações, tais como:

  • PCBs rígidos
  • PCBs flexíveis
  • PCB Rigid-Flex

É importante ressaltar que os PCBs existem nas formas distintas acima para serem capazes de fornecer habilidades especiais específicas para servir aos seus propósitos. No entanto, as funções permanecem as mesmas entre os tipos de PCBs que é a interligação de vários componentes elétricos.

Vamos nos concentrar em cada um agora.

i. PCBs rígidos

PCB rígido é uma forma de PCB com um material feito principalmente de substratos sólidos. Agora, esse material é o responsável por tornar a prancha firme, inflexível e intortível.

PCB rígido

PCB rígido

É esta propriedade que dá o nome de 'rígido'.

PCB rígido é mais comum em eletrônica. Uma placa-mãe de computador é um exemplo perfeito.

ii. PCBs flexíveis

Ao contrário dos rígidos, um PCB flexível é fino, flexível, portanto, a maioria deles é leve e pequeno em tamanho também.

PCB flexível

PCB flexível

Essas excelentes propriedades tornam os PCBs flexíveis cada vez mais adoráveis ​​​​pela maioria dos designers. Dispositivos altamente sofisticados constituem uma fonte significativa de circuitos flexíveis. Eles incluem rastreadores GPS, satélites, etc.

iii.Rígido - Flex PCB

O Flex PCB e o Rigid PCB podem ser integrados em uma placa e ter uma função semelhante. A combinação destes dois traz uma excelente mistura das duas propriedades separadas dos dois circuitos. O resultado é o PCB Rigid-Flex.

PCB flexível rígido

PCB flexível rígido

Portanto, Rigid-Flex é flexível e rígido, evidente em sua estrutura.

Classificação de PCBs Comerciais

Além dos tipos, discutimos anteriormente. É possível ainda classificar os PCBs comerciais em diferentes designs e estruturas. Tais formas são as seguintes.

  1. Placas de circuito impresso comerciais de um lado
  2. Placas de circuito impresso comercial de dupla face
  3. Circuitos impressos comerciais multicamadas

Observe que nesta seção e nos segmentos seguintes, estaremos discutindo os PCBs como uma única unidade e não tendo um viés de nenhum PCB.

Analisaremos cada um.

PCB de face única face duplaPCB face simples vs face dupla – Foto cedida: Projeto de Engenharia

a) PCB comercial de face única

Esta forma de PCB de um lado compreende uma camada de material condutor no filme dielétrico. Consequentemente, essas unidades individuais são adaptáveis ​​para projetos modestos.

Ter um único lado de condução significa que você só pode executar qualquer função de um lado.

Pela técnica de perfuração ou laser, existem orifícios não chapeados na base do filme.

b) PCBs comerciais de dois lados

Este tipo tem duas camadas condutoras. Além disso, para separação, os materiais condutores possuem um isolante entre eles.

Por causa dos dois lados, eles foram revestidos através de orifícios. Os orifícios conectam os dois lados condutores.

Esse circuito é benéfico, pois facilita o projeto de interconexão.

c) PCBs comerciais multicamadas

Este tipo de PCB tem mais de três camadas de materiais condutores. Os materiais isolantes ocupam o espaçamento entre cada camada. Opcionalmente, você encontrará PCBs que possuem camadas de proteção externa.

PCB multicamadas

PCB multicamada – Foto cedida: The Engineering Project

A montagem multicamada envolve a fusão dos PCBs simples e duplos em uma unidade. Furos passantes chapeados se encaixam nos furos passantes anexados.

Como observamos anteriormente, todos os componentes eletrônicos são cruciais e não podemos negligenciar nenhum. Cada parte tem uma área aplicável única. Os PCBs comerciais não são uma exceção.

Em seguida, focamos nas aplicações.

Aplicações de PCB Comercial

Os PCBs rígidos requerem pouca manutenção. Acima de tudo, eles são adequados para uso em indústrias que lidam com estresse de mobilidade.

Enquanto isso, a natureza robusta dos flex PCBs o torna acessível em dispositivos sofisticados que exigem alta flexibilidade.

No entanto, esses PCBs comerciais atendem a vários setores semelhantes, com a diferença apenas evidente no uso nos gadgets individuais.

Vamos analisar isso.

Algumas dessas áreas de aplicação são:

Automação industrialAutomação industrial

·Indústria mecânica

PCBs servem em algumas das indústrias de energia altamente exigentes. A eletrônica neste setor sustenta as condições extremas de trabalho aqui.

O desenvolvimento de PCBs de cobre mais espessos simplificou ainda o trabalho. Esses PCBs exclusivos são encontrados em máquinas industriais, equipamentos de medição e máquinas geradoras de energia.

·Setor de saude

Os PCBs são vitais quando se trata de dispositivos médicos. Esses PCBs não são como os outros; na verdade, eles são PCBs de interconexão de alta densidade (PCB HDI) com designs estruturais exclusivos, como base flexível.

Algumas das aplicações PCB são monitores médicos, ferramentas de varredura, sistemas de controle, dispositivos internos e instrumentos científicos.

· Eletrônicos comuns

PCBs também estão disponíveis em eletrônicos de consumo comuns, como smartphones, computadores e até smartwatches. Os PCBs nesses eletrônicos são de alto volume, mas de baixo custo.

Portanto, geralmente os dispositivos de consumo que fazem uso dos PCBs são telefones celulares, computadores, gravadores, eletrodomésticos e aparelhos de entretenimento.

·Indústria automobilística

Carros e outros automóveis fazem uso de vários eletrônicos. O circuito eletrônico nesses dispositivos utiliza PCBs. A diferença é que essas placas de circuito são de sinais de alta frequência, especialmente para os componentes eletrônicos relevantes do sensor e do radar.

Algumas das peças que incorporam PCBs incluem sistemas de controle, ferramentas de navegação, sistemas de entretenimento e dispositivos de segurança.

·Indústria aeroespacial

A indústria aeroespacial sofre de extrema pressão e estresse devido a vibrações. É por causa desse estresse que a maioria das máquinas aeroespaciais, como jatos e foguetes, usam PCBs flexíveis.

Além disso, esses PCBs precisam ser leves e de tamanho pequeno. Acima de tudo, eles são de extrema precisão.

Equipamentos de monitoramento e teste são as classes de eletrônicos que se beneficiam dos PCBs.

·Dispositivos de iluminação

A iluminação LED sempre preferida deve suas funções aos PCBs, especialmente nas aplicações de LED de saída de ponta. Com essa integração, é fácil aprimorar os displays e indicadores do LED.

Algumas das aplicações típicas dos LEDs PCB neste setor são evidentes na iluminação de telecomunicações, indicadores automotivos, monitores de computador e indicadores.

Vários métodos e condições precedem o processo geral de fabricação de PCB. Todo esse cuidado é necessário para garantir que a etapa final de fabricação esteja livre de erros e falhas.

Um pré-procedimento vital é o projeto e o layout do PCB.

Então, o que você precisa considerar ao projetar os PCBs comerciais?

Continue lendo para obter detalhes sobre isso.

Design e Layout de PCB Comercial

A Design PCB é um dos conceitos muito críticos na concepção de um eletrônico e, portanto, precisa ser feito com cuidado.

Agora, basicamente, o projeto sempre começa a partir do projeto esquemático. Um diagrama esquemático é uma estrutura completa que compreende principalmente os componentes elétricos, como o circuitos integrados (IC), pegadas e conexões de fiação.

Um projeto esquemático é essencialmente um diagrama de circuito e, portanto, deve incorporar todas as dimensões necessárias.

Uma vez que o esquema esteja completo e pronto, segue-se um layout de PCB. Para fazer isso, os especialistas preferem usar o software CAD.

O processo de layout é técnico. Envolve uma análise cuidadosa dos requisitos de cada componente e sua colocação no quadro.

Projeto e layout de PCB

Projeto e layout de PCB

O layout consistiria então nas pegadas dos componentes e nas linhas de rato. As ratlines fornecem um guia para a criação dos traços, vazamentos de cobre e vias.

Quando o layout do PCB estiver pronto, mais um procedimento precisa ser seguido antes da fabricação propriamente dita; esse é o processo de verificação.

O processo de verificação é necessário para identificar problemas e erros que exigem atenção no layout da PCB.

Os três tipos comuns de verificação incluem;

  • Conectividade – o teste de conectividade verifica se todos os componentes possuem uma conexão do material condutor.
  • Realize um teste de consistência entre o esquema e o layout. Com a ajuda do software CAD, é mais fácil identificar qualquer inconsistência iminente.
  • Verificação de regras de projeto. Você deve garantir que seu layout coincida com a largura de traço mínima pretendida, espaçamento de traço e diâmetro de perfuração.

É, portanto, evidente que o design e layout do PCB requer uma série de conhecimentos, padrões e técnicas.

Para tornar o trabalho de design mais simples, você precisa seguir uma diretriz.

Projeto de PCB passo a passo

Este procedimento é um dos numerosos disponíveis e abrange algumas das áreas críticas. Vamos dividi-lo em seções. Dar uma olhada.

I. O design inicial das restrições do conselho

Esta seção se concentra nas verificações gerais das placas, incluindo fatores como tamanho, forma, etc., os elementos que você precisa considerar aqui são:

  • Escolhendo furos e pontos de referência que correspondam ao processo de fabricação. Observe que esses furos/pontos devem ser sem componentes e muito abertos.
  • Aloque tamanho de placa suficiente para o circuito que seja adequado para acomodar todos os componentes e trilhas necessários.
  • Descubra o número de camadas que você precisa. No entanto, prossiga com cautela, mais camadas aumentam os custos. Para designs intrincados, você certamente usará várias faixas e folhas.
  • Considere e determine a técnica de montagem da placa. Dependendo do método, você deve regular o consumo do espaçamento da placa.

 II. O layout do projeto de PCB

Este processo inclui as questões que você precisa considerar antes de realizar o projeto real do circuito.

Envolve esboçar um plano aproximado da localização real dos vários componentes do PCB.

III.Projeto dos planos e camadas do PCB

Você faz o projeto levando em consideração a terra ou os trilhos de energia.

  • Determine se você usaria um plano inteiro para energia ou terra ou qualquer outro propósito.
  • Elimine quaisquer possíveis planos parciais ou lacunas significativas na placa. Tais coisas podem gerar tensão na placa, criando assim deformação.

IV.Projeto das Pistas

  • Estabeleça uma largura ideal da pista que deseja usar, desta forma você saberá o tamanho correto para suas pistas. No entanto, eles não precisam ser muito estreitos ou muito amplos.
  • Deliberar sobre o tamanho da pista especialmente para os atuais. Para um tamanho adequado consulte um fabricante.
  • Projete o bloco de PCB de acordo com a proporção e o tamanho do furo. Você pode obter essas informações com um fabricante de PCB.
  • Verifique as formas e tamanhos de almofadas necessários

V. Propriedades térmicas

Ao lidar com PCBs modernos de alto rendimento, os problemas térmicos desempenham um papel significativo em seu funcionamento, ao contrário dos PCBs pequenos.

Portanto, você precisa deixar espaço de refrigeração adequado para componentes geradores de calor.

VI.Fatores de sinal, RF e EMC.

Para evitar problemas associados aos sinais, RF e EMC, é necessário resolver os problemas de roteamento dos trilhos. Para fazer isso, você terá que.

  • Evite criar pistas de corrida paralelas. Esses caminhões geralmente levam a um alto grau de diafonia que, por sua vez, leva a várias falhas elétricas no circuito.
  • Se os trilhos tiverem que se cruzar então, deve ser em pontos perpendiculares. Cruzar em ângulos retos reduz as diafonias, capacitância e indutância mútua.

Estou otimista de que você tem o que é preciso para projetar PCB.

Em seguida, descrevemos o procedimento de prototipagem.

Processo Passo a Passo de Prototipagem de PCB Comercial

Antes de entrar no processo de prototipagem. Permita-me levá-lo através do seguinte.

A Protótipo PCB é uma pequena cópia do projeto de PCB pretendido usado para testar a funcionalidade da placa antes de avançar para o estágio de fabricação real.

Protótipos de PCBs comerciais

Protótipo de PCB comercial

De fato, a placa protótipo traz vários benefícios entre eles:

  • Ele permite que você teste vários designs antes de continuar a usá-los.
  • Os protótipos permitem detectar e corrigir erros com antecedência suficiente antes da fabricação. Assim, você economiza recursos financeiros e de tempo.
  • Os protótipos simplificam seu próximo processo de produção
  • Além disso, você obtém um retrato preciso da prancha pretendida.

Você conhece o processo real de prototipagem de PCB?

Mergulhamos nisso.

Vamos resumir o processo para eliminar a complexidade.

1. Projetando o protótipo

Projetar é o estágio inicial. Para ajudar nesse processo, você pode usar softwares de design como OrCAD, Altium Designer, KiCad, etc. lembre-se de especificar o software com clareza.

2. Projeto esquemático

Trabalhe com um designer para criar um diagrama esquemático. Depois, para verificar sua precisão, é aconselhável executá-lo através de uma série de testes e verificações.

Uma vez, você corrige os defeitos; então você pode proceder para transformá-lo em uma netlist.

3. Desenvolver uma lista de materiais

Uma lista técnica é um documento abrangente que descreve todas as informações necessárias sobre os componentes, montagens e materiais necessários para a fabricação. Os fabricantes exigem esta lista também.

BOM

BOM

Algumas das informações na lista técnica que você precisa ao adquirir componentes incluem a quantidade dos elementos, códigos de identificação das peças e especificações técnicas de cada unidade, entre outras.

4.Projetando o roteamento

O roteamento é crítico, pois fornece um caminho para a conexão de cada elemento da PCB. Você poderia fazer o roteamento facilmente usando rastreamentos.

Importante, com um bom software, use a netlist que você criou anteriormente para planejar o roteamento.

5. Realização de verificações

Ao longo do processo, verifique se há irregularidades e corrija-as antes da etapa de produção.

Algumas verificações a serem feitas são verificações relacionadas à temperatura, verificação de regras de design (DRC), verificação de layout versus esquema (LVS), verificação de regras elétricas (ERC) e verificação de antena.

Quando certificado, você passa para a fabricação.

6. Desenvolvimento de um filme fotográfico

Com os designs prontos, os fabricantes agora podem fazer um filme fotográfico da PCB. A impressora Plotter é útil para criar essa imagem.

7. Imprimindo as camadas internas

Agora, para este procedimento, você precisa aplicar material de cobre ao material de substrato da PCB.

8. Alinhe as camadas de PCBs multicamadas

Alinhe com precisão as várias camadas e faça um furo de registro nelas. Faça um furo antes de combiná-los.

9. Fundir as multicamadas

Neste estágio específico, agora fundimos as camadas externas também chamadas de pré-impregnadas e a primeira camada de substrato coberta por folha de cobre.

Você pode fundi-los aplicando um procedimento de dois amarrados, ou seja, Layer-up seguido de colagem.

10. Faça os furos

Agora faça furos na pilha. Você pode usar um localizador de raios-X junto com uma broca de controle de computador.

11. Revestimento de cobre do painel PCB

Este processo envolve a introdução de uma fina camada de cobre para cobrir a placa. Não poupe as paredes internas dos furos.

12.Imagem da camada externa

Usando um processo semelhante ao anterior, mas com uma camada fotorresistente, crie imagens das camadas externas. O resultado é uma transposição das camadas internas.

13. Chapeamento de cobre e estanho

Realize o revestimento de cobre seguido pelo revestimento de estanho na placa.

14.Gravação

Use uma solução química para remover o excesso de cobre na superfície. O estanho, no entanto, tornaria o cobre condutor intacto. O resultado é uma conexão condutora.

15. Mascaramento de solda

Limpe a placa e aplique máscara de solda de preferência epóxi. Em seguida, faça o processo de pós-mascaramento.

16. Acabamento de superfície

Aqui aplique chapeamento extra, seguido de ouro e prata. Para obter almofadas homogêneas, use uma almofada de ar quente. Consequentemente, você tem um acabamento superficial.

Claro, você também pode anexar serigrafia na superfície do PCB.

17. Corte

Depois de garantir o funcionamento da placa, corte placas distintas do painel grande. Use um v-groove ou um roteador.

Depois disso, você pode:

  • Disponha de todos os componentes necessários para a preparação do estágio de protótipo do PCBA.
  • Estêncil de pasta de solda – O estêncil garante que o aplicador de solda aplique a pasta nos locais especificados dos componentes no PCB final.
  • Neste ponto, use uma máquina de pegar e colocar, para colocar SMDs no PCB.
  • Execute outra solda de refluxo para resfriar a pasta de solda que, por sua vez, conecta os SMDs à placa.
  • Realizar uma inspeção e verificação de qualidade, por exemplo, verificações físicas, monitoramento óptico e monitoramento de raios-x
  • Introduzir componentes de furo passante.
  • Faça um teste de funcionalidade – este teste é a etapa final para o protótipo, e envolve simulações do PCB visando simulações.

Aí está. Um protótipo completo de PCB funcional pronto para implementação na fabricação de seu PCB.

Com o protótipo de PCB comercial, agora podemos passar para a montagem de PCB comercial.

Montagem de PCB Comercial

Antes de dar o pontapé inicial Montagem PCB, várias medidas de pré-montagem desempenham um papel essencial. Esse tipo de ação inclui uma verificação de DFM.

Figura 11 Montagem de PCB Comercial

A verificação analisa os detalhes do projeto juntamente com uma análise detalhada da precisão do projeto.

Portanto, o teste é vital na identificação de possíveis erros e irregularidades.

Se você estiver confiante na precisão da placa, poderá prosseguir para o estágio de fabricação.

Passo 1: Prepare a placa de circuito

Este procedimento inicial envolve várias práticas que você faz para fazer a placa para a montagem real.

Essas medidas são: selecionar o tamanho apropriado da placa e do painel. Finalmente, secar a folha de qualquer umidade.

Passo 2: Estêncil de pasta de solda

Neste ponto, você aplica pasta de solda usando uma máquina de impressão na placa. Depois disso, com a ajuda de um estêncil, agora aplique a pasta em locais distintos do quadro.

Passo 3. Colocando peças no tabuleiro

Você precisará de uma máquina de pegar e colocar (PNP) para ajudar a fixar os componentes em locais pré-programados da placa.

No entanto, existem dois métodos de fazer a colocação, ou seja, Tecnologia de montagem em superfície e Através da tecnologia de furo.

Através da tecnologia do furo

Através da tecnologia do furo

Tecnologia de montagem em superfície (SMT) – esta técnica envolve o uso de uma máquina automatizada. O dispositivo através de seus rolos de componentes giratórios pega as peças como CIs e as monta nas almofadas da superfície da placa.

Em seguida, a pasta de solda os prende firmemente.

Tecnologia de orifício de passagem (THT) – Este método é para uso com peças de orifício de passagem, como fios ou condutores salientes. Essas peças seriam montadas nas placas através de orifícios nos circuitos. THT é adequado para capacitores e bobinas.

Passo 4: Soldadura por refluxo

Este estágio é adequado para uso com tecnologia de montagem em superfície.

Nesta fase, você passa as tábuas por um forno de refluxo. No forno, o calor alto derrete a solda.

Em seguida, a placa passa por um sistema de coolers onde a solda se solidifica e fixa firmemente os componentes.

Passo 5: Limpeza

Use uma escova de fibra para remover quaisquer materiais indesejados na superfície da placa.

Passo 6: Inspeção e teste

Como o PCBA é um processo técnico, é, portanto, propenso a erros. Para eliminar possíveis erros, você deve usar métodos de inspeção. Alguns deles incluem:

  • Inspeção óptica automatizada – A máquina de inspeção óptica automatizada é adequada para este método; ele usa um sistema de câmeras que escaneiam a placa em busca de possíveis erros.
  • Inspeção de raio-x
  • Inspeção visual

Além dos métodos de inspeção, você pode usar mecanismos de teste. Esses testes ajudam na avaliação da funcionalidade da placa. Tais testes são:

Testes elétricos para determinar a taxa de funcionalidade dos PCBs

O teste é a etapa final no PCBA. Assim como no processo de protótipo, é vital fazer inspeções e verificações regularmente durante a montagem.

Além da tecnologia de montagem acima, você também pode optar por usar outras duas técnicas de montagem, ou seja,

  • Conjunto de montagem em superfície (SMT)
  • Conjunto de PCB Misto

Vamos dar uma olhada em ambos.

· Montagem SMT

O processo de montagem em superfície é muito eficiente. Além disso, seus procedimentos são totalmente automáticos desde a fase inicial até a última.

Resumidamente, estas são as etapas envolvidas:

  • Impressão de pasta de solda

Com o uso de uma solda, a impressora de pasta aplica pasta de solda na superfície da placa. O estêncil é uma vantagem para a precisão.

  • Montagem de componentes

Aqui, o transportador envia a placa para a máquina PNP que, por sua vez, pega os elementos e os coloca com precisão na placa.

  • Soldadura por refluxo

Logo após a montagem, passe a placa por um forno. A alta temperatura derrete a pasta de solda. Mais tarde, a placa passa por uma câmara de resfriamento onde se solidifica fazendo com que os dispositivos de montagem em superfície fiquem firmemente presos à placa.

· Montagem de PCB de tecnologia mista

Até agora discutimos a tecnologia SMT e THT para dispositivos de montagem.

No entanto, alguns componentes não estão disponíveis através da técnica SMT, por exemplo, conectores e capacitores especiais.

Consequentemente, alguns conjuntos combinam as duas técnicas na mesma PCB.

Através do processo de montagem do furo

Através do processo de montagem do furo

Abaixo está uma breve visão geral das etapas necessárias envolvidas.

  1. Solde as laterais que receberiam os SMDs.
  2. Passe os lados anteriores por uma máquina PNP e, em seguida, passe-os por meio de solda de refluxo.
  3. Cole os SMDs do lado da solda nos lados não soldados da PCB.
  4. Insira os outros dispositivos Through Hole nos orifícios da PCB usando uma máquina.
  5. Além disso, instale dispositivos manuais no PCB
  6. Agora solde todos os conjuntos de componentes instalados.
  7. Instale outras peças que precisam de solda manual.
  8. Finalmente, teste o PCB.

Agora, tenho certeza de que você tem todas as informações sobre a montagem comercial da PCB.

Sabendo disso, uma pergunta final permanece sem resposta.

Como você encontra os PCBs comerciais.?

Para obter um guia detalhado sobre o fornecimento de PCBs comerciais, continue lendo.

Fornecimento de PCB Comercial

Conseguir desenvolver um fornecimento confiável para seus PCBs é uma tarefa nobre que desempenha um papel significativo em sua empresa ou negócio.

Vários aspectos determinariam sua taxa de sucesso na aquisição do tão desejado fornecimento de PCB comercial adequado.

Mas o que é preciso?

Montagem de PCB comercial

Montagem de PCB comercial

Abaixo, discutimos questões que você deve considerar ao adquirir PCBs comerciais.

a) Considere seu orçamento

As finanças são bastante sensíveis em todas as organizações; o seu não está excluído. Vários fabricantes de PCB o atenderiam com diferentes cotações.

Você, portanto, precisa escolher o razoável de acordo com seus custos. No entanto, você não precisa fugir dos preços altos porque eles podem ser para fins de alta qualidade.

b) Determine o tipo de seus produtos, ou seja, tipos comuns ou marca de alta tecnologia

Sem dúvida, o tipo de PCB em que você se aventura o levaria a um fabricante adequado correspondente.

Caso você esteja lidando com o tipo convencional, vá em frente e faça parceria com o fabricante altamente produtivo em termos de volume e curto prazo de entrega.

Para produtos de alta tecnologia, considere os recursos do fabricante e a qualidade do produto.

c) Prazo de execução

Antes de qualquer coisa, defina suas prioridades. Decida o seu nível de flexibilidade e prazos.

Porquê?

O tempo de espera influenciaria sua capacidade de entregar seus produtos prontamente ao mercado, servindo assim seus consumidores.

Portanto, você precisa fazer parceria com um fabricante de PCB que atenda a você no tempo dentro de seus limites.

Seus retornos dependem disso.

d) Verifique o escopo e os recursos do seu parceiro fabricante em potencial

Concentre-se em uma série de questões, como os aspectos físicos dos PCBs, por exemplo, largura, etc.

Além disso, você pode certificar as credenciais do fabricante.

Solicite certificações e padrões de qualidade, incluindo ISO9001, RoHS, grau de qualidade IPC, UL. Etc. Esses padrões confirmam a capacidade do fabricante de realizar qualquer processo relacionado ao PCB.

e) O volume de saída do fabricante

Em termos de volume, geralmente podemos classificar os fabricantes em três grupos, ou seja, baixa capacidade, capacidade média e capacidade de massa.

Cada fabricante é capaz de produzir em uma escala diferente em relação aos outros. Conheça qual o tipo do seu fabricante nessa escala.

Em seguida, selecione aquele que melhor se adapta aos seus requisitos de volume.

f) Considere a localização do fabricante

Um fator importante que a maioria das pessoas assume é a localização. Tente e veja o quão perto você está do parceiro pretendido. A distância contribui muito.

Mesmo estando longe um do outro, o fabricante é capaz de te atender na hora com os produtos?

Assim, você precisa considerar um fabricante que seja facilmente acessível.

g) Avaliar a credibilidade do fabricante

A confiabilidade é um fator decisivo na parceria. Você não quer fazer parceria com uma empresa que não honra o contrato, mas o viola continuamente.

Para verificar a credibilidade, tente entrar em contato com amigos e obter suas opiniões sobre o fabricante. Além disso, procure por depoimentos ou avaliações do fabricante antes de envolvê-los.

h) O fabricante oferece serviço pós-venda?

Olhando para o serviço pós-venda, parece bastante insignificante, mas muito crítico.

Como você deseja que seus componentes e PCBs comerciais sejam embalados? A empresa é capaz de fazer isso? E quanto aos custos de envio e descontos? Liquidação de impostos? Garantia do produto?

Escolha um com serviços adequados, pois isso pode permitir que você reduza despesas desnecessárias.

i) O fabricante tem uma equipe de suporte competitiva

Mais frequentemente, as emergências ocorrem.

Em caso de tais situações, você consegue obter a equipe de suporte a tempo?

E a comunicação entre você e o parceiro?

Eles têm um sistema de comunicação competitivo e agentes de atendimento ao cliente?

Quando se trata de comunicações, você não corre riscos. Contatos consistentes e oportunos economizam muito.

Felizmente, essas preocupações cobrem tudo o que é necessário para obter PCBs comerciais.

Conclusão

Confio que você tenha todas as informações que procura sobre os PCBs comerciais. Desde o design, layout, montagem do protótipo até o fornecimento dos PCBs, você leu muito, mas informações muito essenciais.

Observe que o projeto e a montagem do PCB requerem igualmente conhecimento e experiência.

Além disso, o fornecimento de PCBs pode ser cansativo, mas quando você contrata especialistas reconhecidos internacionalmente, é melhor. Existem muitas falsificações no mercado global.

Acima de tudo, estou otimista de que você tenha todas as informações para lidar com PCBs comerciais.

Boa sorte!

Voltar ao Topo